O MENDIGO QUE CAMINHAVA COM UM PRATO DE ARROZ

09/04/2013 06:43

O MENDIGO QUE CAMINHAVA COM UM PRATO DE ARROZ

09/04/2013 06:43

"Dê o primeiro passo na fé. Você não precisa ver a escada inteira. Apenas dê o primeiro passo”.

Dr. Martin Luther King Jr.

Você que progredir na empresa? “Quer progredir na vida” Vou repetir de novo progredir na empresa, progredir na vida é o seguinte: Fazer mais do aquilo que você é pago para fazer. 

As pessoas que fazem mais do que aquilo que são pagas para fazer podem ter certeza de uma coisa: mais cedo ou mais tarde vão receber mais do que aquilo que fizeram não se esqueça disso. Essa é à base do progresso.

Conta-se que um mendigo caminhava com um prato de arroz na mão, era o almoço dele. Certo dia parou ao lado do mendigo um enorme cavalo e sobre o cavalo estava o rei do lugar.

O rei olhou para o mendigo e disse "Dê-me um pouco do seu arroz". Era o almoço do mendigo, e o homem sobre o cavalo era o rei, um homem riquíssimo, ele podia ter as melhores comidas do mundo.

Quando o mendigo ouviu aquilo coçando sua cabeça, pensou: Mas esse é o meu almoço. Então, com pão-durismo, ele pegou um grãozinho de arroz e foi levar ao rei. Quando levou aquele grãozinho de arroz, o rei tocou o grão e devolveu para o mendigo, fechando a sua mão. Então, o rei deu um toque no cavalo e foi embora.

O mendigo não entendeu nada, foi devolver o grão de arroz ao prato, e quando foi devolver, levou um grande susto. Com o toque do rei, aquele grão de arroz tinha se tornado numa pepita de ouro.

O mendigo pulou de alegria, dizendo. "Que maravilha vai dar para eu comer por vários dias”. Ele saiu correndo para vender aquela pepita de ouro. Na metade do caminho, ele teve uma ideia ainda melhor, ele olhou para o prato na mão, cheio de arroz, e pensou: Eu sou bobão, porque, é lógico, too rico! Então saiu correndo atrás do rei, e gritava bem alta “majestade, pare, pare, pare".

O rei parou o cavalo, e mendigo chegou e disse: “Majestade, eu mudei de ideia”. Senhor tome mais do meu arroz, tome mais do meu arroz, inclusive, senhor, pegue todo o meu arroz?

O rei olhou para ele é disse: "Não, você já recebeu tudo que de bom grado primeiramente você colocou na vida de verdade, de bom coração". Entristecido, o mendigo voltou com apenas uma pepita de ouro, tudo por causa de sua mesquinhez.

Então, meu amigo (a) nunca se esqueça disso: na vida, nós recebemos aquilo que plantamos e que semeamos. O que você esta tendo na vida hoje? Será que está que está progredindo na empresa? Será que está crescendo nos negócios? Será que a sua vida está progredindo?  

Pode ter certeza que se está acontecendo desta forma, é porque você está fazendo aquilo que tem que ser feito, da maneira correta, se semeando as sementes que estão trazendo os resultados para sua vida e para muitos outros.

O sucesso não é obra do acaso, o sucesso é resultado daquilo que plantamos, de muitas lutas de dor muitas vezes.

Então nada de reclamar do seu emprego, pois, o pior emprego é aquele que você não tem. Nada de reclamar da sua família, nada de reclamar das situações da vida.

O melhor é aquilo que está em suas mãos. Aproveite a oportunidade, faça aquilo que tem que ser feito, e eu tenho certeza que você vai ter resultado. E não adianta culpar os outros, seus colegas de trabalho, seu chefe, seu filho, seu marido, sua esposa, seus pais, nada disso vai adiantar, pois, somente você é responsável pelo seu progresso e sucesso.

Quando você começar a fazer mais do que aquilo que é pago, ou lhe é pedido para fazer, com o tempo receberá como recompensa muito mais do que aquilo que você fez.

"O PENSAMENTO QUE É EDIFICANTE PODE VIR NATURALMENTE PARA ALGUNS, MAS TAMBÉM PODE SER APRENDIDO E CULTIVADO, MUDE SEUS PENSAMENTOS E VOCÊ MUDARÁ O SEU MUNDO".

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!