NUNCA PERCA O ENTUSIASMO

12/04/2013 06:32

“Quando perdemos o entusiasmo e a paixão perdemos a vontade de empreender e inovar. E, sem isso tudo, andamos para trás e acomodação pessimista toma conta de nosso dia-dia“.

Certo dia, o dono de uma loja, preocupado com a queda das vendas em estabelecimento, procurou um velho lojista no centro, conhecido pela gentileza e sabedoria, e disse-lhe desanimado: “Senhor, nunca vi uma crise como esta. O pessoal vê, pergunta o preço, mas comprar que é bom, nada!”.

O sábio senhor perguntou. “A crise de hoje é maior do que a do dia em que você abriu a sua loja? Garanto que você não tinha nenhum cliente e a loja inteira para pagar. Mas como você era? Garanto que ficava na porta sorrindo para quem passava. Convidava as pessoas para entrar na loja sorrindo para quem passava para entrar na loja. Acompanhava os clientes até a porta, carregando o pacote deles. Garanto que ficou esperando o telefone tocar imaginando ser algum cliente, mesmo sabendo-se que ninguém tinha seu número. Você foi até a Associação dos Lojistas oferecendo-se para animar o grupo e fazer um Natal diferente, com campanha nova etc.”.

“Hoje, como é? O telefone toca você grita: “Alguém atenda”!”. Os clientes querem falar com você e você se esconde! A Associação dos Lojistas chamou para uma reunião sobre o dia das mães, você foi? Ah! “Meu nobre colega, agora você vem falar de crise”.

Meio sem jeito, com tantas verdades reveladas, o jovem persistiu: “Mas o que devo fazer”?

Com toda a paciência do mundo, o experiente lojista respondeu-lhe: “Você perdeu a paixão do começo. Quando a gente perde essa paixão, perde o entusiasmo pelo que faz. Quando perdemos o entusiasmos e a paixão, perdemos a vontade de empreender, inovar, de criar coisas novas. E, sem isso tudo, a vida se torna uma rotina desestimulante. Andamos para trás e acomodação pessimista toma conta de nosso dia-a-dia.

Que belíssima lição podemos aprender com essa situação vivida por esses dois comerciantes.

Observamos as pessoas começarem tão bem um namoro e elas ficam assim até o casamento, mas com o passar do tempo muitos casais se tornam agressivos, maridos contra a esposa e com os filhos e vice-versa. O funcionário começa na empresa com muita empolgação, procurando dar a melhor produção. O gerente chega animado para implantar mudanças e melhorias, sem falar que muitos começam seus empreendimentos e com o passar do tempo acabam relaxando, deixando aquele  otimismo e entusiasmo de lado. Em vez disso, só há reclamação, pessimismo e palavras duras e agressivas com os outros.

Nunca perca o entusiasmo e otimismo que você teve no inicio, de quando começou, pois, quando perdemos este amor, tudo começou a desmoronar.

Você vai voltar a experimentar o melhor, a partir do momento em que voltar a dar o melhor de si naquilo que está fazendo.

O quadro vai mudar sim, e isso depende muito das mudanças que você vai promover daqui para frente.  


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!